Como mapear um potencial grande Doador?

30 de abril de 2019 | 4 min. de leitura

Quando falamos em captar recursos com grandes doadores sempre nos preocupamos e pensamos quais empresas ou pessoas físicas podem doar valores mais altos para a nossa organização. No entanto, quase sempre esquecemos de olhar internamente, e deixamos de identificar esse perfil de pessoas/empresas próximas de nossos funcionários, amigos, voluntários, conselheiros, etc.

Por essa razão, acreditamos que o primeiro passo é mapear dentro da sua instituição quais os possíveis contatos, analisar os mais viáveis, e como poderá ser feita a abordagem com eles. Esse é um trabalho em conjunto, uma soma de esforços entre todos os colaboradores.

Um hábito pouco comum aqui no Brasil é a pesquisa detalhada para traçar um perfil dessas empresas/pessoas. Selecionamos algumas dicas que podem auxiliar nesse processo:

1) Faça uma lista

Anote nomes de pessoas que você conheça, que podem ser doadores ou que trabalhem em uma empresa com potencial de doar. Além disso, converse com os funcionários, voluntários, conselheiros para levantar contatos que eles tenham de pessoas e/ou empresas com esse perfil.

2) Selecione o vínculo

Após a elaboração da lista, faça um ranqueamento do vínculo que essas pessoas/empresas tem com você e/ou com a pessoa que as indicou. É claro que quanto maior o vínculo, maior a chance de contato. Sendo assim, saberemos por onde começar de forma mais focada e estratégica.

3) Determine que tipo de empresas/pessoas que você NÃO quer vinculadas à sua organização.

Há pessoas/empresas que não devem ser doadores para sua organização, seja por estarem envolvidos em polêmicas como corrupção, atrelados a produtos que causam mal à saúde, ao meio ambiente, ou até mesmo porque a diretoria da empresa tem um pensamento político diferente da organização. Ter essas questões definidas é muito importante para que o trabalho de prospecção e aproximação seja o mais produtivo possível, e não traga problemas de imagem à sua organização.

4) Pesquise

Comece a pesquisar as pessoas/empresas que tenham maior vínculo com a organização. Analise se elas têm o hábito de doar, para que tipo de projetos elas doam, se doam por leis de incentivo, quem são os fundadores, diretores, presidentes e quais os hábitos dessas pessoas. Essa pesquisa pode e deve ser feita de várias maneiras. Não se limite apenas a pesquisas na Internet. Ligue para amigos, procure ir a eventos aonde esses potenciais contatos costumam ir para mapear pessoas próximas que poderão lhe fornecer informações preciosas.

5) Entre em contato

Depois que tiver todas essas informações, veja com o seu contato se ele pode fazer a mediação para agendar uma reunião, ou se você pode fazer isso diretamente. Sempre que possível, procure criar situações em que o seu contato possa lhe apresentar o potencial doador de forma sutil, informal, espontânea, contribuindo para uma melhor aproximação. Esse relacionamento prévio facilitará para você apresentar o seu projeto, posteriormente.